Antigas

Quase três quartos dos maringaenses são favoráveis ao impeachment, diz pesquisa da ACIM

Uma pesquisa feita pela Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM) revela que 73% dos maringaenses são favoráveis ao impeachment, 19% não são favoráveis e 8% não sabem.  Setenta e um por cento estão acompanhando a operação Lava Jato, que investiga um esquema bilionário de corrupção. Sobre o ex-presidente Lula assumir o ministério de Estado Chefe da Casa Civil, 84% são contrários, 9% são favoráveis e 7% não sabem.

         Ainda de acordo com a pesquisa, 49% acreditam que as manifestações de rua podem contribuir para mudanças no país, mas não participam delas, 27% não acreditam e 24% acreditam e participam.

         Sobre o maior responsável pela crise econômica atual, a presidente Dilma Rousseff ficou com a primeira posição, com 25% das respostas, 24% dos entrevistados afirmaram que o maior culpado é o Partido dos Trabalhadores (PT),  9% acreditam que é a população, 9% acreditam que é o ex-presidente Lula, 7% dizem que é Fernando Henrique Cardoso, 7% não sabem, 6% acreditam que são os políticos, 4% dizem que são Dilma e Lula, 2% responsabilizam Aécio Neves, 1% afirma ser a polícia federal e o restante deu outras respostas.

         A pesquisa foi feita entre 24 e 26 de março junto a 407 pessoas. Destas, 54% eram homens e 46% eram mulheres, 49% concluíram o ensino médio, 26% concluíram o ensino fundamental, 14% eram universitários, 9% concluíram o ensino superior, 1% tinha pós-graduação e o restante era mestre ou não tinha escolaridade. A margem de erro é de 4,8%.

Facilite sua busca, indo direto ao assunto! Encontre o que procura em um click.