Notícias

Gilmar Leal Santos é o Empresário do Ano 2018

 

Gilmar Leal Santos é escolhido Empresário do Ano

 

Franqueado do McDonald´s em Maringá e fundador da rede Cineflix, Gilmar Leal Santos será o Empresário do Ano 2018. Ele foi escolhido nesta segunda-feira (dia 9) por uma comissão julgadora composta por representantes das quatro entidades promotoras do prêmio, ACIM, Sivamar, Apras e Fiep, além de membros da prefeitura, Câmara Municipal, Codem, Sindicato dos Jornalistas – seção Maringá e do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau. A comissão julgadora escolheu Santos por votação secreta entre os empresários que receberam maior número de indicações na primeira fase do processo, quando 26 entidades foram convidadas a indicar nomes de até três empresários.

Natural de Apucarana, Santos é engenheiro civil por formação. Após terminar a graduação, ele trabalhou como Analista de Sistemas do Banestado Informática e analista de suporte de sistemas operacionais para sistemas de grande porte da IBM. Da IBM, decidiu ser empresário. Assim, Santos comprou a franquia do McDonald’s em Maringá que, na época, contava com dois restaurantes. Hoje são oito restaurantes em operação, sendo cinco em Maringá e três em Londrina. Neste ano serão inaugurados mais dois restaurantes: um no Shopping Avenida Center e o outro em Guarapuava. Para 2019 estão previstos três novos restaurantes. Assim serão 13 restaurantes e cerca de 800 funcionários, o que tornará a maior franquia McDonald’s do sul do Brasil.

Além do McDonald’s, o empresário fundou, em 1999, a Cinesystem, onde permaneceu até 2011, e trouxe para Maringá as franquias da 5àSec, Hering, Rei do Mate, Spoleto e PBKids, repassando-as para outros empresários. Em 2012, ele fundou a Cineflix, a nona maior rede de exibição de cinemas do Brasil, presente em 16 cidades brasileiras e que gera mais de 500 funcionários. Atualmente, dedica-se exclusivamente ao McDonald’s e é conselheiro da Cineflix.

Para ser empresário do ano, é preciso ter trajetória empresarial de sucesso, participação ativa na vida comunitária e as empresas dos candidatos devem ter pelo menos três anos de atividade. No último ano os restaurantes que Santos administra tiveram 13% de crescimento no faturamento. Já a Cineflix cresceu 26% em relação ao ano anterior.

Além de empresário, Santos é fundador e ex-presidente da Associação dos Pequenos e Médios Exibidores do Brasil, e desde 1997 participa do McDia Feliz, ação voltada para a arrecadação de fundos para projetos direcionados às crianças e adolescentes com câncer. Além disso, é poeta e tradutor, além de jogador de basquete veterano.  

A cerimônia de entrega do prêmio será definida em conjunto pelas entidades realizadoras e o homenageado. O Empresário do Ano é uma sucessão do prêmio Comerciante do Ano, criado em 1980 pelo Sivamar. Em 1998 a ACIM passou a ser co-promotora e em 1999 o nome foi alterado, no mesmo ano Apras e Fiep passaram a ser parcerias da premiação.

Comerciantes do Ano

1980 – Yoshiaki Oshiro (Organtel)

1981 – Francisco Mommenshon (Supermercado Catarinense)

1982 – Shiniti Ueta (Ueta Cine Foto Som)

1983 – Adirson Rossi (Tecidos Norte-Sul)

1984 – Antônio Samorano Trava (Modulaque)

1985 – Mário Martinucci Filho (Móveis Martinucci)

1986 – Massao Tsukada (Livraria Bom Livro)

1987 – Pedro Bortolossi (Mercado de Calçados)

1988 – Carlos Ajita (Casas Ajita)

1989 – Hélio Shimabukuro (Loja Genko)

1990 – Damásio do Paraná Barão (Mercantil São José)

1991 – Dayton Gouveia (Gouveia)

1992 – Fernando Vieira Raimundo (Expoluz)

1993 – Jefferson Nogaroli (Supermercados São Francisco)

1994 – Antônio Donizete Busíquia (Dismar)

1995 – José Rubens Abrão (Casa Santa Terezinha)

1996 – Devanir Marion (MR Malharia)

1997 – Carlos Alberto Tavares Cardoso (Supermercados Cidade Canção)

1998 – Ariovaldo Costa Paulo (Arilu Distribuidora)

“Empresário do Ano”

1999 – Wilson de Matos Silva (Cesumar)

2000 – Benito Finco (Color Finco)

2001 – Luiz Lourenço (Cocamar)

2002 – Franklin Vieira da Silva (O Diário do Norte do Paraná)

2003 – Ágide Meneguetti (Usina Santa Terezinha)

2004 – Édson Recco (Recco e Recco)

2005 – Massayoshi Siraichi (Grupo ATDL)

2006 – Marcos Falleiro (M A Falleiro)

 2007 – Durval Franciso dos Santos Filho (Unimed Maringá)

 2008 – João Noma (Noma do Brasil)

 2009 – José Sendeski Neto (Antenas Aquário e Perfileve)

 2010 – Wilson Tomio Yabiku (Construtora Design)

2011- Reginaldo Czezacki (Prever)

2012- Jair Ferrari (Fortgreen)

2013- Fernando Ferraz (FA Maringá)

2014- Ilson Rezende (DB1 Global Softwares)

2015 – Carlos Walter (ZM Bombas)

2016 – Ciliomar Tortola (GTFoods)

2017 – João Cantagalli (Crivialli do Brasil)